Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lazy Lover Undercover

Lazy Lover Undercover

Um caso de amor

Preciso de dizer isto: adorei, adorei, adorei a música que o Noiserv compôs para o Festival da Canção. Sou suspeita, porque sou grande fã do homem, mas caramba. A música é completamente ele, não engana, não se faz passar por nada e a rapariga que a interpretou, a Inês Sousa, foi, de longe, a pessoa mais afinada e segura da semi-final toda, a par com o Salvador Sobral, que também esteve soberbo.

 

Percebo que não agrade a todos, mas ser a menos votada tanto pelo júri como pelo Público? Como? Eu do público já espero tudo, mas do júri? Em quem tinha tanta expectativa depositada este ano? Não esperava. Muito menos depois da semi-final passada em que concordei com grande parte dos resultados.

 

Se convidam compositores e músicos diferentes, para modernizar um bocado o festival, por quê que insistem em votar em canções que não inovam em nada? É só fogo de vista? Foi o que pareceu, ontem.

 

Há quem vibre com o futebol, eu vibro com o festival da canção. E pronto, era só isto.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.